Skip directly to content

Artrite Reumatoide

A Artrite Reumatoide (AR) é uma doença crónica, inflamatória, autoimune (o mesmo é dizer, causada por uma alteração dos sistemas de defesa, que reagem contra o próprio organismo), que se caracteriza pela inflamação de uma ou várias articulações.

Sinais e sintomas

 

 

Frequentemente a doença manifesta-se com mais de 4 articulações inchadas (tumefactas) e dolorosas, nos dois lados do corpo (poliartrite simétrica), sendo as pequenas articulações das mãos e dos pés geralmente as mais afetadas.

Para além da dor e inflamação, podem ocorrer deformações físicas graves das articulações (que podem provocar incapacidade) e na sua forma mais grave diminui a esperança média de vida entre cinco a dez anos.

Para além dos sintomas articulares, outros sinais e sintomas são comuns tais como: 

 

Podem coexistir uma ampla variedade de manifestações extra-articulares que podem envolver órgãos tais como: 

 

Como diagnosticar a Artrite Reumatoide

 

O diagnóstico é essencialmente clínico, as investigações são importantes na avaliação e exclusão de outros diagnósticos possíveis.

O diagnóstico deve ser o mais precoce possível, com início rápido do tratamento pois os estudos científicos demonstram que no período inicial da doença há uma oportunidade única para influenciar a progressão da doença.

O diagnóstico clínico pode ser feito com base na verificação de:

Para auxílio no diagnóstico o médico pode suportar-se em análises ao sangue (que são inespecíficas, podem estar alteradas noutras doenças) tais como:

  • Proteína C reativa e velocidade de sedimentação (marcadores de inflamação)
  • Hemograma (é frequente a anemia e o aumento no número de plaquetas)
  • Fator Reumatoide (positivo em 60-70% dos doentes e 5% da população normal).
  • Anticorpo contra péptidos citrulinados (anti-CCP): é mais específico do que o fator reumatoide e pode ser mais sensível na doença erosiva
  • Anticorpo antinuclear (ANA, pode ser positivo em cerca de 30% dos doentes com AR); e ainda solicitar a realização de radiografias às mãos e pés (que podem ser normais numa fase precoce da doença).

 

Tratamento

 

A Artrite Reumatoide é uma doença crónica porque não tem cura, mas se tratada adequada e atempadamente tem bom prognóstico. O objetivo do tratamento é melhorar a dor e tumefação articulares, de forma a minimizar o impacto na realização das atividades quotidianas. O tratamento da AR pode associar abordagens farmacológicas e não farmacológicas. Os doentes devem adotar um estilo de vida saudável, se fumadores devem ser aconselhados a deixar de fumar e incentivados à prática de exercício físico. Pode ser considerada a realização de fisioterapia tendo, em conta as articulações afetadas e a fase da doença em que se encontra. O tratamento farmacológico dos doentes com AR pode incluir fármacos analgésicos, anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), corticosteroides, fármacos antirreumatismais modificadores da doença (DMARDs) convencionais sintéticos, DMARDs biológicos e DMARDs dirigidos sintéticos.

Referências:

1 ACR_ American College of Rheumatology  https://www.rheumatology.org/ acesso 18/10/2019
2 ANDAR_ Associação Nacional dos Doentes com Artrite Reumatoide http://www.andar-reuma.pt acesso 18/10/2019
3 LPCDR_ Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas  https://www.lpcdr.org.pt/ acesso 18/10/2019
4 SPR_ Sociedade Portuguesa de Reumatologia  https://www.spreumatologia.pt/Home acesso 18/10/2019

PP-PFE-PRT-0283